Poemas

A morte do poeta

pena-la-escura-abstrato-preto_32525-2

A morte do poeta

Morre um poeta por dia no Brasil.
A cada post,
A cada like,
A cada youtuber,
A cada livro facilitado.

A vida não é facilitada.
A vida é perigo e desafio.
É o poema que nos dá uma escada,
Para escaparmos do trânsito.

Somos uma raça rara,
Um bando de amigos
Unidos agora pela camaradagem da moléstia.
Mas a união é estéril.

O turbilhão passa rapidamente,
E os poetas não se agarram.
Seus textos se agarram.
O milagre do poema está se acabando.
Pela descrença de nossa alma prática contemporânea.

(Pablo Jamilk)

Padrão