Preposição é um termo de natureza conectiva, que opera uma relação de sentido no segmento em que aparece. Distintamente das conjunções, as preposições são empregadas por uma exigência da sentença (quer gramaticalmente, quer semanticamente).

A preposição costuma ser empregada em função de uma exigência sintática, a qual recebe o nome de Regência. A depender da natureza da regência, a preposição pode indicar uma relação apenas de correção gramatical ou uma relação de manutenção de sentido.

Vejamos alguns exemplos:

  • Regência Verbal: As pessoas assistiram ao discurso sobre a preservação ambiental. (Empregamos a preposição “a” para demonstrar a relação presente entre o verbo e seu complemento. O verbo “assitir” empregado no sentido de “ver” deve receber a preposição “a”)
  • Regência Nominal: A habilidade com as palavras era seu forte. (A preposição “com” foi – por assim dizer – “convidada” pelo substantivo “habilidade”. Isso demonstra uma relação de Regência Nominal.)

Classificação das preposições

1 – Essenciais: são preposições por essência. É preciso decorar essa lista para que fique mais simples o estudo das preposições.

  • A, ante, até, após.
  • Com, contra.
  • De, desde.
  • Em, entre.
  • Para, per, por, perante,
  • Sem, sob, sobre,
  • Trás.

Semântica das preposições: é importante pensar sobre o sentido que podem assumir.

  • Eu lutei com Jonas. (Estávamos do mesmo lado)
  • Eu lutei contra Jonas. (Ele era meu inimigo)
  • Eu lutei sem Jonas. (Jonas não estava na luta não pense que essa frase significa que lutei sozinho, isso seria interpretar demais)
  • Eu lutei por Jonas. (Jonas foi a razão de minha luta)

2 – Acidentais: são palavras que não nasceram como preposição e, em dado momento, foram passaram a ser empregadas na função de preposições.

Exemplos:

  • Mediante
  • Salvo
  • Exceto
  • Menos
  • Fora
  • Tirante
  • Salvante
  • Segundo
  • Consoante

Em uso:

  • Ela fará, salvo engano, a prova amanhã.
  • Fora Maria, todas as meninas entraram na sala.
  • Segundo o autor, aquilo era um direito de todos.

Tabela de combinações

 Preposições (vertical) / Artigos (horizontal)oaosasumumaunsumas
aaoàaosàs
dedodadosdasdumdumadunsdumas
emnonanosnasnumnumanunsnumas
perpelopelapelospelas
porpolopolapolospolas

Locuções prepositivas: duas ou mais palavras reunidas que possuem a função de uma preposição, ou seja, função conectiva. Vejamos uma lista de locuções prepositivas.

À beira de, antes de, depois de, a fim de, a patir de, ao invés de, em vez de, de encontro a, ao encontro de, em frente de, a despeito de, à custa de.


Como isso cai na prova?

(CESPE) No fragmento III, no trecho “Cooper usou sua nova invenção para ligar para Joel Engel” (L.9-10), a preposição “para” expressa, em ambas as ocorrências, ideia de finalidade, introduzindo expressões adverbiais.

( ) Certo      ( ) Errado

Resposta: errado. No primeiro caso, a preposição é empregada com um sentido de finalidade; já, no segundo caso a visão que se tem é de “destinatário”.

Bem, não é só dessa maneira que o conteúdo relacionado às preposições pode aparecer. Também pode haver questões relacionadas à crase, ao emprego de pronomes relativos, das próprias conjunções. Cabe ao aluno ficar atento à exigência sintática da sentença (a Regência, propriamente falando).

Vejamos mais exemplos:

Questão de relevância na discussão dos efeitos adversos do uso indevido de drogas é a associação do tráfico de drogas ilícitas e dos crimes conexos — geralmente de caráter transnacional — com a criminalidade e a violência.

(CESPE) Nas linhas 12 e 13, o emprego da preposição “com”, em “com a criminalidade e a violência”, deve-se à regência do vocábulo “conexos”.

( ) Certo      ( ) Errado

Resposta: errado. O emprego da preposição se deve à regência do termo “associação”, que exige duplo complemento (associação DE algo COM algo). Essa é uma questão de Regência Nominal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.