Definição: são aquelas que não possuem dependência sintática. Classificam-se de acordo com o seguinte critério:

Assindéticas: são as que não possuem conjunção para realizar a conexão.

  • Ex.: O povo protestou, gritou, esbravejou.
  • Ex.: Entrei na sala, vi a menina, desanimei.

Sindéticas[2]: são as que aparecem introduzidas por uma conjunção coordenativa.

Vejamos:

1. Aditivas: exprimem noção de soma.

  • – Gumercindo falou com a mãe e a trouxe para casa.
  • – Márcio não é honesto nem tem bom caráter.

2. Adversativas: exprimem oposição ou negação de uma sentença anterior.

  • – João Paulo sofre, mas tenta resistir.
  • – Pedro está cansado; continua, porém.

3. Alternativas: exprimem alternância.

  • – Faça o exercício ou volte aos livros.

4. Conclusivas: exprimem conclusão.

  • – O aluno é esperto, portanto estudará Gramática.

5. Explicativas: exprimem a explicação sobre algo.

  • – Traga o jantar, porque estou faminto.
  • – Deve ter chovido, pois o chão está molhado.


Como isso cai na prova?

O período “A rua continuava indefinidamente, e o dedo apontado, e eu sem saber, e ela pedindo urgência, dizendo que o fogo lavrava sempre.” (l. 14-16) apresenta, predominantemente, orações independentes, coordenadas, e a figura de sintaxe polissíndeto.

  • ( ) Certo      ( ) Errado

Resposta: certo. Comentário: são todas orações coordenadas sindéticas aditivas. Pela repetição intencional da conjunção, entende-se que há uma figura de construção denominada “polissíndeto”.

O período a seguir é um período composto por duas orações coordenadas: 
De acordo com o juiz Ricardo Rachid, o sistema penal brasileiro “é um sistema falido” e o Código Penal, de 1940, “é uma colcha de retalhos” (linhas 10 e 11). 

  • ( ) Certo      ( ) Errado

Resposta: certo. Comentário: basta fazer a contagem dos verbos da oração, para verificar que são duas orações coordenadas. Além disso, basta verificar que há uma conjunção coordenativa aditiva (e).


[1] Você achará esse conteúdo repetitivo, porque já estudou a função das conjunções na parte de Morfologia. É fundamental repetir a matéria, porém!

[2] Mesmo que haja uma oração coordenada sindética (introduzida por conjunção), a assindética será a que não possuir conjunção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.