Quanto vale sua dignidade?

Eventualmente, vejo pessoas vomitando imbecilidades a respeito de ter ou não ter dinheiro, ou sobre a quantidade daquilo que se deve ter. Sinceramente, eu entendo que há um objetivo comum das pessoas, o qual está intrinsecamente ligado à necessidade de ter certa estabilidade na vida. Não entendo, entretanto (talvez entenda, mas prefiro pensar que ainda se trata de uma incógnita), como há um afã desesperado de demonstrar valores financeiros em detrimento de valores pessoais.
Isso explica em muito boa parte da sociedade em que vivemos. Nada contra o Capitalismo, sou dele muito partidário, diga-se de passagem. Trabalho, estudo, empreendo quando possível. Não nego a necessidade do esforço, mas acho que – se eu disser para você quanto você deve ter, ou mesmo aquilo que você deveria ter – serei um completo imbecil.
Um dos grandes ensinamentos de Niezsche (quem dera fosse um estudioso um pouco mais lido e menos desvirtuado) é que os homens não são iguais. Isso se correlaciona com o assunto em pleito: alguns tem força para entender que a dignidade vale mais do que alguns dobrões, vale mais do que qualquer bem que você possa adquirir. Outros, infelizmente, não são capazes de perceber as distintas nuances do vocábulo valor.
A dignidade não é proveniente do julgamento que as pessoas fazem de você. Não é a sociedade que dirá se você a preservou ou não. É algo muito mais pessoal, é algo muito mais íntimo. A dignidade é a virgindade da alma: se for vendida ou devassada, você saberá muito bem, e terá de viver com isso.
Quanto vale a sua dignidade?
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s