Questões Comentadas – Vamos Praticar!

FCC – questões comentadas
CONHECIMENTOS BÁSICOS

Atenção: As questões de números 1 a 8 baseiam-se no texto
apresentado abaixo.

      A exploração dos recursos naturais da Terra permite à
humanidade atingir patamares de conforto cada vez maiores.
Diante da abundância de riquezas proporcionada pela natureza,
sempre se aproveitou dela como se o dote fosse inesgotável.
Essa visão foi reformulada. Hoje se sabe que a maioria dos
recursos naturais de que o homem depende para manter seu
padrão de vida pode desaparecer num prazo relativamente curto,
e que é urgente evitar o desperdício. Um relatório publicado
recentemente dá a dimensão de como a exploração desses
recursos saiu do controle e das consequências que isso pode
ter no futuro. O estudo mostra que o atual padrão de consumo
de recursos naturais pela humanidade supera em 30% a
capacidade do planeta de recuperá-los. Ou seja, a natureza não
dá mais conta de repor tudo o que o bicho-homem tira dela.
A exploração abusiva do planeta já tem consequências
visíveis. A cada ano, desaparece uma área equivalente a duas
vezes o território da Holanda. Metade dos rios do mundo está
contaminada por esgoto, agrotóxicos e lixo industrial. A degradação
e a pesca predatória ameaçam reduzir em 90% a oferta
de peixes utilizados para a alimentação. As emissões de CO2
cresceram em ritmo geométrico nas últimas décadas, provocando
o aumento da temperatura do globo.
           Evitar uma catástrofe planetária é possível. O grande
desafio é conciliar o desenvolvimento dos países com a
preservação dos recursos naturais. Para isso, segundo os
especialistas, são necessárias soluções tecnológicas e políticas.
O engenheiro agrônomo uruguaio Juan Izquierdo, do Programa
das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, propõe que
se concedam incentivos e subsídios a agricultores que
produzam de forma sustentável. “Hoje a produtividade de uma
lavoura é calculada com base nos quilos de alimentos produzidos
por hectare. No futuro, deverá ser baseada na capacidade
de economizar recursos escassos, como a água”, diz ele.
Como mostra o relatório, é preciso evitar a todo custo
que se usem mais recursos do que a natureza é capaz de repor.
(Adaptado de Roberta de Abreu Lima e Vanessa Vieira. Veja,
5 de novembro de 2008, pp. 96-99)
1. A afirmativa correta, condizente com o assunto do texto, é:
(A) O colapso atual no fornecimento dos recursos naturais
indispensáveis para o conforto da humanidade
já colocou em risco a qualidade de vida no planeta.
(B) A produção de alimentos em todo o mundo está diminuindo,
com a falta de interesse de governos no
sentido de oferecer incentivos aos agricultores.
(C) O acesso irrestrito aos recursos naturais é a garantia
de manutenção de um patamar de conforto que possa
favorecer as condições de vida no planeta.
(D) O desenvolvimento dos países só será mantido se
houver condições favoráveis para a plena exploração
dos recursos naturais de que eles dispõem.
(E) O ritmo atual de consumo dos recursos naturais já
supera a capacidade do planeta em se refazer, o
que constitui séria ameaça para o futuro da humanidade.
2. No 2o parágrafo,
(A) cria-se a possibilidade de catástrofes ambientais, caso
não sejam tomadas medidas eficazes de controle
da devastação ambiental.
(B) desenha-se um panorama de destruição do meio
ambiente, resultado da ação inconsequente do homem.
(C) expõem-se as metas a serem consideradas na conscientização
da necessidade de preservação ambiental.
(D) discutem-se as causas que deram origem a inúmeras
catástrofes ambientais, devido à presença humana.
(E) especula-se sobre um previsível cenário de devastação,
em razão do desrespeito a que está sujeita a
natureza.
_________________________________________________________
3. Ou seja, a natureza não dá mais conta de repor tudo o
que o bicho-homem tira dela. (1o parágrafo)
A expressão grifada acima assinala
(A) a retomada, em outros termos, do sentido da afirmativa
anterior, para enfatizar a importância do
respeito ao ritmo da natureza na reposição de seus
elementos.
(B) uma oposição à informação anterior, tomando por
base os dados contidos no relatório, de que há na
natureza sinais de esgotamento de suas riquezas.
(C) uma retificação ao que foi informado anteriormente,
a respeito da importância do fornecimento de recursos
naturais para que o homem sobreviva no planeta.
(D) a adição de novos dados ao contexto, para que os
problemas que vêm sendo mencionados sejam devidamente
solucionados.
(E) uma dúvida a respeito da possibilidade de percepção
de que o homem deve tornar-se um auxiliar da
natureza na reposição de suas riquezas.
_________________________________________________________
4. … e das consequências que isso pode ter no futuro. (1o
parágrafo)
O pronome grifado acima substitui corretamente, considerando-
se o contexto,
(A) a reformulação de uma visão consumista das
riquezas da Terra…
(B) a necessidade de se evitar desperdício dos recursos
naturais…
(C) a abundância de recursos naturais encontrados no
planeta…
(D) a exploração descontrolada dos recursos naturais da
Terra…
(E) a manutenção de um padrão de vida confortável
para a população…
5. Identifica-se relação de causa e consequência, respectivamente,
entre os seguintes fatos expostos no texto:
(A) abundância de riquezas naturais // reformulação das
condições de seu aproveitamento.
(B) desaparecimento de grande parte dos recursos naturais
// aceitação do descontrole na exploração dessas
riquezas.
(C) crescimento acentuado das emissões de CO2 // aumento
evidente da temperatura global.
(D) possibilidade de se evitarem catástrofes // controle
do desenvolvimento de algumas nações.
(E) concessão de incentivos e de subsídios a agricultores
// produção de alimentos por práticas sustentáveis.
_________________________________________________________
6. … a agricultores que produzam de forma sustentável. (3o
parágrafo)
A forma verbal grifada acima indica, no contexto,
(A) condição necessária.
(B) hipótese possível.
(C) ação real e concreta.
(D) fato a se realizar no futuro.
(E) fato passado anterior a outro.
_________________________________________________________
7. … é preciso evitar a todo custo que se usem mais recursos
do que a natureza é capaz de repor. (último parágrafo)
A forma verbal que traduz exatamente o sentido da que
está grifada acima é:
(A) foram usados.
(B) tinha sido usado.
(C) possa ser usado.
(D) sejam usados.
(E) tenha sido usado.
_________________________________________________________
8. … que a maioria dos recursos naturais de que o homem
depende … (1o parágrafo)
A frase cuja lacuna estará corretamente preenchida pela
expressão grifada acima é:
(A) Hoje um terço da população mundial vive em regiões
…… a água é escassa ou imprópria para consumo.
(B) O aquecimento global permite a disseminação de
micro-organismos …… põem em risco o equilíbrio do
ecossistema.
(C) Catástrofes naturais, …… estudiosos vêm se referindo
ultimamente, trazem enormes prejuízos à economia
de todo o planeta.
(D) Os dados …… contavam os especialistas serviram
de base para a previsão dos problemas e a melhor
maneira de enfrentá-los.
(E) Cálculos relativos à exploração de recursos naturais
levam à conclusão …… é necessário evitar o desperdício.
Atenção: As questões de números 9 a 15 baseiam-se no
texto apresentado abaixo.
A Chapada do Araripe, no Ceará, abriga tesouros que
conjugam importância e poesia. Maior sítio arqueológico em
registro de peixes fósseis do mundo, suas rochas de cerca de
110 milhões de anos conservam animais nos quais é possível
pesquisar células musculares e aparelhos digestivos com as
últimas refeições. Foi também o primeiro lugar do mundo onde
surgiram flores, datadas do período Cretáceo, quando as placas
continentais do Brasil e da África ainda se separavam.
Incrustadas em rochas, as plantas fósseis são exemplares que
deram origem aos vegetais com flores atuais.
A região, que serviu de campo de estudos para a
concepção de alguns dos animais mostrados no filme Jurassic
Park, de Steven Spielberg, abriga o Parque dos Pterossauros, a
quatro quilômetros de Santana do Cariri. Ali são expostas
réplicas artísticas desses animais voadores que possuíam até
cinco metros de envergadura. Ao lado de dinossauros de cerca
de três metros de altura e oito de comprimento, disputaram
espaço na região que corresponde aos Estados do Ceará, de
Pernambuco e do Piauí há cerca de 100 milhões de anos. De
todos os exemplares fósseis dessa ave já achados no mundo,
um terço está na Chapada do Araripe.
Em 2006, foi aprovado pela Unesco um projeto para
transformar a área de pesquisas arqueológicas da Chapada no
primeiro geopark da América – uma região de turismo científico
e ecológico que propicia o autocrescimento sustentado da
população. O parque abrange 5 mil quilômetros, oito municípios
e nove sítios de observação.
(Adaptado do texto de Juliana Winkel. Brasil. Almanaque de
cultura popular. São Paulo: Andreatto, ano 8, n. 95, março de
2007, p. 20).
9. A afirmativa correta, de acordo com o texto, é:
(A) A exposição dos achados arqueológicos na Chapada
do Araripe pode prejudicar a rotina dos moradores
da região com o afluxo de turistas, pouco preocupados
com a conservação desse tesouro natural.
(B) Os habitantes da Chapada do Araripe estão sujeitos
às imposições de uma natureza hostil, vivendo em
meio a rochas e a vestígios pré-históricos, que devem
ser mantidos intocados, apenas como atrativo
turístico.
(C) A importância do sítio arqueológico da Chapada do
Araripe está não só nos exemplares fósseis ali
existentes, como também na decisão de incentivar o
turismo científico e ecológico na região.
(D) A criação de um parque de grande dimensão, voltado
para os estudos científicos, poderá criar obstáculos
ao desenvolvimento regional, tendo em vista a
priorização das pesquisas com material arqueológico.
(E) A presença de vegetais entre os restos arqueológicos
de animais alerta para a destruição das
condições de vida em uma região brasileira, que era
bastante fértil durante determinado período pré-histórico.
10. É correto inferir do texto que a poesia, na Chapada do
Araripe, mencionada pelo autor no 1o parágrafo, se refere
(A) às plantas fósseis, primeiros exemplares com flores.
(B) à criação e à extensão do primeiro geopark da
América.
(C) às réplicas dos animais mostrados no filme Jurassic
Park.
(D) à preservação de inúmeros achados arqueológicos.
(E) à antiguidade das rochas, datadas de 110 milhões
de anos.
_________________________________________________________
11. A Chapada do Araripe, no Ceará, abriga tesouros
(início do texto)
A afirmativa acima só NÃO se explica pelo fato de que a
Chapada
(A) constitui o maior registro de peixes fósseis do mundo.
(B) se tornou campo fértil para pesquisas científicas.
(C) guarda plantas fósseis que originaram os atuais
vegetais com flores.
(D) possui um terço dos exemplares fósseis de pterossauros
do mundo.
(E) era uma extensa área geográfica há cerca de
100 milhões de anos.
_________________________________________________________
Instrução: Para responder às questões de números 12 e 13,
considere o segmento transcrito do último parágrafo.
– uma região de turismo científico e ecológico que propicia
o autocrescimento sustentado da população.
12. O emprego do travessão isola
(A) repetição para realçar o termo precedente.
(B) afirmativa de sentido explicativo.
(C) retificação da afirmativa anterior.
(D) introdução de novo assunto no parágrafo.
(E) opinião que reproduz a ideia central do texto.
_________________________________________________________
13. O mesmo tipo de complemento exigido pelo verbo grifado
está na frase:
(A) … que conjugam importância e poesia.
(B) … as plantas fósseis são exemplares …
(C) … que serviu de campo de estudos…
(D) … um terço está na Chapada do Araripe.
(E) … que corresponde aos Estados do Ceará, de Pernambuco
e do Piauí …
14. … quando as placas continentais do Brasil e da África
ainda se separavam. (1o parágrafo)
O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo em que
está o grifado acima encontra-se na frase:
(A) … suas rochas de cerca de 110 milhões de anos
conservam animais …
(B) … onde surgiram flores …
(C) … abriga o Parque dos Pterossauros …
(D) … que possuíam até cinco metros de envergadura.
(E) O parque abrange 5 mil quilômetros …
_________________________________________________________
15. A quantidade e a qualidade dos vestígios arqueológicos
na Chapada do Araripe surpreendem.
As rochas contêm fósseis.
As rochas são utilizadas em pisos e revestimentos de
paredes e muros.
O período em que as frases acima se articulam com
clareza, correção e lógica, é:
(A) As rochas, conquanto utilizadas em pisos e revestimentos
de paredes e muros, contêm fósseis, onde
a quantidade e a qualidade dos vestígios arqueológicos
na Chapada do Araripe surpreende.
(B) Com a quantidade e a qualidade dos vestígios arqueológicos
na Chapada do Araripe surpreendem
que as rochas contêm fósseis, utilizados em pisos e
revestimentos de paredes e muros.
(C) A quantidade e a qualidade dos vestígios arqueológicos
são surpreendentes na Chapada do Araripe,
cujas rochas contêm fósseis e são utilizadas em
pisos e revestimentos de paredes e muros.
(D) Com a quantidade e a qualidade das rochas que
contêm fósseis de vestígios arqueológicos na Chapada
do Araripe, que surpreende na utilização em
pisos e revestimentos de paredes e muros.
(E) As rochas na Chapada do Araripe contém fósseis,
utilizadas em pisos e revestimentos de paredes e
muros, em quantidade e qualidade dos vestígios
arqueológicos surpreendentes.
Atenção: As questões de números 16 a 20 baseiam-se no
texto apresentado abaixo.
O brasileiro tem elevado grau de consciência sobre
sustentabilidade, superior ao de moradores de países ricos
como Alemanha e Suécia. Ao mesmo tempo, tem grande
dificuldade em trazer o conceito para o seu dia a dia e para
suas decisões de consumo. Escassez de água e poluição
ambiental, por exemplo, figuram em terceiro lugar entre as
maiores preocupações de 61% da população e ficam atrás de
educação (68%) e violência (72%). Mudanças climáticas e
aquecimento global, por sua vez, são motivo de preocupação
para 49% dos brasileiros.
Quando a sociedade é questionada sobre suas ações
efetivas para proteger o meio ambiente, os números são mais
modestos: 27% dos brasileiros reciclam seus resíduos e fazem
uso de produtos recicláveis; 20% afirmam conservar árvores;
13% dizem proteger a natureza e apenas 5% controlam o
desperdício de água.
Esses dados constam de uma pesquisa atual, em que
foram ouvidas mais de 24 mil pessoas em dez países diferentes.
O estudo também aponta o brasileiro como um dos mais
atentos no mundo às práticas de sustentabilidade das empresas:
86% afirmam estar dispostos a recompensar companhias
com boas práticas e 80% dizem punir as que agem de forma
irresponsável nas questões socioambientais.
Há também ceticismo em relação à falsa propaganda
sobre as atitudes “verdes” das empresas. Para 64% dos brasileiros
elas só investem em sustentabilidade para melhorar sua
imagem pública. Outro obstáculo é que os produtos “verdes”
ainda são vistos como nichos de mercado e ficam restritos a
consumidores de maior poder aquisitivo.
O porta-voz do estudo no país acredita que o elevado
grau de consciência sobre sustentabilidade pode ser explicado
pela presença do tema na mídia e pela percepção de que os
recursos naturais são um diferencial no Brasil, considerado um
país rico nesse aspecto.
(Andrea Vialli. O Estado de S. Paulo, Vida & Sustentabilidade,
H6, Especial, 30 de outubro de 2009, com adaptações)
16. De acordo com o texto,
(A) a maior preocupação dos brasileiros se reflete nos
problemas oriundos da escassez de água em algumas
regiões.
(B) a sociedade brasileira demonstra pouco interesse
quanto aos problemas ambientais, embora se disponha
a reciclar seus resíduos.
(C) a percepção do aquecimento global parece superar
as demais preocupações encontradas na sociedade
brasileira.
(D) a consciência ambiental no Brasil mostra avanços,
apesar de não se observarem realmente efeitos
práticos dessa percepção.
(E) a riqueza natural do país leva os brasileiros a não se
preocuparem devidamente com o meio ambiente.
17. É correto afirmar que o assunto do texto se desenvolve
(A) de modo a salientar o papel das empresas na
sustentabilidade do meio ambiente.
(B) a partir de dados obtidos recentemente em pesquisa
de âmbito internacional.
(C) com base em observações de empresas quanto à
comercialização de alguns produtos.
(D) por meio de informações de consumidores de
produtos diferenciados no mercado.
(E) com considerações sobre o descaso da mídia na
divulgação dos problemas ambientais.
_________________________________________________________
18. Considere as afirmativas seguintes a respeito do emprego
de sinais de pontuação no texto:
I. A presença de pontos-e-vírgulas no 2o parágrafo
assinala pausa maior entre as afirmativas separadas
por esses sinais.
II. O segmento introduzido pelos dois-pontos no 3o
parágrafo constitui um argumento que justifica a
afirmativa que o precede.
III. As aspas na palavra “verdes”, em ambas as situações
no 4o parágrafo, conferem a ela sentido especial
no contexto, como sinônimo de atitudes e
produtos que respeitam o meio ambiente.
Está correto o que se afirma em
(A) I, somente.
(B) II, somente.
(C) I e II, somente.
(D) II e III, somente.
(E) I, II e III.
_________________________________________________________
19. A concordância verbal e nominal está inteiramente correta
na frase:
(A) Chegou ao fim as campanhas voltadas para a reciclagem
de materiais nas cidades escolhidas no
projeto-piloto.
(B) A conscientização dos moradores daquela área contaminada
pelos resíduos tóxicos acabaram surtindo
bons resultados.
(C) Muitos consumidores se mostram engajados na luta
pela sustentabilidade e traduzem seu compromisso
em tudo aquilo que compram.
(D) Atitudes firmes e claras voltadas para a sustentabilidade
na exploração dos recursos da natureza deve
trazer lucros promissores para as empresas.
(E) Deveria ser divulgado claramente os princípios que
norteiam as atividades empresariais, como diretriz
para orientar os consumidores.
_________________________________________________________
20. Muitos consumidores não se mostram atentos …… necessidade
de sustentabilidade do ecossistema e não chegam
…… boicotar empresas poluentes; outros se queixam de
falta de tempo para se dedicarem …… alguma causa que
defenda o meio ambiente.
As lacunas da frase acima estarão corretamente
preenchidas, respectivamente, por
(A) à – a – a
(B) à – a – à
(C) à – à – a
(D) a – a – à

(E) a – à – à


Vamos aos comentários!

Questão 1: compreensão de texto.
a)      Incorreta. Há uma generalização da informação. A expressão “já colocou” denota algo que não está no texto. Se fizer a leitura corretamente, verá que há possibilidade de entrar em risco, não que há está em risco.
b)      Incorreta. O autor do texto nem chega a falar sobre falta de interesse de governos.
c)       Incorreta. A palavra “irrestrito”, que está no início da alternativa, significa exatamente o contrário do que se espera concluir do texto. Não é o acesso irrestrito, mas o acesso moderado.
d)      Incorreta. A palavra “plena” prejudica o entendimento do texto, pois também faz entender o contrário do que se espera.
e)      Correta. Esta alternativa resume a ideia principal do texto.
Questão 2: compreensão de texto.
a)      Incorreta. A informação mencionada está no terceiro parágrafo.
b)      Correta. Ela resume as informações do parágrafo em questão.
c)       Incorreta. Não se expõem metas no segundo parágrafo
d)      Incorreta. Não são discutidas as causas no segundo parágrafo.
e)      Incorreta. Não há especulações no segundo parágrafo.
Questão 3: análise de estruturas linguísticas.
a)      Correta. A expressão “ou seja” retoma o trecho anterior para poder explicá-lo posteriormente.
b)      Incorreta. Palavras que introduzem oposição são: mas, porém, contudo, todavia, no entanto etc.
c)       Incorreta. A retificação poderia ser introduzida por “mas”, o que não é o caso da alternativa.
d)      Incorreta. Adição é introduzida por conjunções como “e”, “nem”, “não só… mas também”.
e)      Incorreta. Dúvida é introduzida por palavras como “talvez” ou “tomara”.
Questão 4: função do pronomes
                Nesta questão, não é preciso analisar alternativa por alternativa. Basta retornar ao texto e ver qual expressão é retomada pelo pronome. Lembre-se da tabela dos pronomes demonstrativos. A alternativa “D” é a correta.
Veja novamente a tabela:
MASCULINO
FEMININO
NEUTRO
este(s)
esta(s)
Isto     (Catáfora)
esse(s)
essa(s)
Isso    (Anáfora)
aquele(s)
aquela(s)
aquilo (Anáfora)
Questão 5: relações de sentido. Observar a relação de causa e consequência.
a)      Incorreta. A abundância das riquezas naturais não é causa da reformulação das condições de seu aproveitamento.
b)      Incorreta. O desaparecimento não é causa da aceitação do descontrole da exploração.
c)       Correta. O crescimento acentuado das emissões de gás carbônico é a causa do aumento evidente da temperatura global.
d)      Incorreta. A possibilidade de se evitarem catástrofes não é a causa do controle de desenvolvimento
e)      Incorreta. A concessão de incentivos não é causa da produção de alimentos por práticas sustentáveis.
Obs.: essa é um questão simples, ela se responde. Basta fazer o que é pedido, separar as relações de causa e consequência e ver o resultado.
Questão 6: tempos e modos verbais (questão padrão).
a)      Incorreta. Condição seria expressa pela forma “produzisse” (pretérito imperfeito do subjuntivo).
b)      Correta. O presente do subjuntivo expressa hipótese provável.
c)       Incorreta. Ação real seria expressa por “produz” (presente do indicativo).
d)      Incorreta. Fato a ser realizado no futuro seria expresso por “produzirão”(futuro do presente do indicativo).
e)      Incorreta. Fato passado anterior a outro seria expresso por “produziram” (pretérito-mais-que-perfeito).
Questão 7: transposição de voz verbal.
                Não é necessário fazer análise de todas as alternativas. Basta lembrar da regra de transposição de vozes verbais. Mais especificamente da voz passiva. Na voz passiva analítica, tem-se um locução verbal, a qual é formada por um VERBO AUXILIAR (que recebe a flexão modo-tempo e número-pessoa) e por um VERBO PRINCIPAL (que deve estar flexionado em uma das formas nominais do verbo). Aplique esta regra ao verbo grifado e encontrará a resposta. Façamos isso, então:
                Que se usem = a conjunção deu a dica: usem (3ª pessoa do presente do subjuntivo)
                Flexionando o auxiliar “ser” na 3ª pessoa do presente do subjuntivo = que eles SEJAM.
                Flexionando o principal “usar” no particípio = usados.
Resultado: sejam usados.
Moleza!
Questão 8: regência verbal e nominal (questão padrão).
a)      Incorreta. O relativo correto seria “em que”.
b)      Incorreta. O relativo correto seria “que”.
c)       Incorreta. O relativo correto seria “a que”.
d)      Incorreta. O relativo correto seria “com que”.
e)      Correta. Cálculos relativos à exploração de recursos naturais levam à conclusão DE QUE é necessário evitar o desperdício.
Obs: Amigos, essa é a questão mais fácil que a banca FCC possui. Para garantir o seu acerto, proceda da seguinte maneira:
                Separe o termo grifado e o coloque em todas as lacunas. Assim, verá em qual situação estará correta a inserção do termo.
Questão 9: compreensão de texto (questão padrão).
a)      Incorreta. A palavra “prejudicar” já invalida a alternativa.
b)      Incorreta. Exagero em dizer que a natureza é “hostil” aos habitantes.
c)       Correta. A alternativa resume a ideia central do texto.
d)      Incorreta. O trecho “poderá criar obstáculos ao desenvolvimento regional” invalida a alternativa.
e)      Incorreta. Nem se menciona algo sobre destruição das condições de vida.
Questão 10: interpretação de texto (questão padrão).
a)      Correta. A poesiaa que o texto se refere é relativa à natureza. Portanto, plantas fósseis entram nessa categoria.
b)      Incorreta. Geopark é criação humana, não natural.
c)       Incorreta. Réplicas de animais são criações humanas.
d)      Incorreta. A preservação não é poesia.
e)      Incorreta. A antiguidade não é poesia.
Questão 11: interpretação de texto (questão padrão)
a)      Incorreta. O maior registro de peixes fósseis é um tesouro.
b)      Incorreta. Ser um campo fértil para pesquisas é um tesouro.
c)       Incorreta. Plantas fósseis são um tesouro.
d)      Incorreta. Possuir um terço dos exemplares fósseis de pterossauros é um tesouro.
e)      Correta. Ser uma extensa área geográfica não é ser um tesouro, é, apenas, ser grande.
Obs: Amigos, atente SEMPRE para o comando da questão. Nesse caso, ele praticamente deu a resposta.
Questão 12: pontuação.
O travessão, entre outras funções, isola frase de sentido explicativo. Logo, ao ler a alternativa, basta ver qual alternativa sintetiza essa explicação. Alternativa B.
Questão 13: complementação verbal (questão padrão).
a)      Correta. “Conjugar” é um Verbo Transitivo Direto.
b)      Incorreta. “Ser” é Verbo de Ligação.
c)       Incorreta. Há preposição após “serviu”.
d)      Incorreta. “Estar” é Verbo de Ligação.
e)      Incorreta. Há preposição após “corresponde”
Obs: É muito fácil resolver uma questão assim. Basta ver o que acompanha o verbo (se há preposição, se o verbo é de ligação ou intransitivo), daí, procurar a alternativa que apresenta característica semelhante.
Questão 14: flexão verbal (questão padrão).
a)      Incorreta. O tempo é presente do indicativo.
b)      Incorreta. O tempo é pretérito perfeito do indicativo.
c)       Incorreta. O tempo é presente do indicativo.
d)      Correta. O tempo é pretérito imperfeito do indicativo.
e)      Incorreta. O tempo é presente do indicativo.
Obs: Amigos, essa é, também, uma  questão fácil. Basta separar o verbo e buscar sua conjugação. A dica é  que a banca FCC, geralmente, utiliza um verbo da 1ª conjugação (terminado em AR) e um verbo da 3ª conjugação (terminado em IR) para dificultar a vida do candidato. Mas é só estudar a tabelinha de verbos que fica fácil!
Questão 15: coesão, coerência e correção de períodos.
a)      Incorreta. Erro de coesão.
b)      Incorreta. Erro de pontuação e coesão.
c)       Correta. A redação do trecho está clara e coesa.
d)      Incorreta. Erro de pontuação.
e)      Incorreta. Erro de coesão.
Obs: procure o primeiro erro e já elimine a alternativa. Lembre-se de que você não tem tempo a perder.
Questão 16: compreensão de texto.
a)      Incorreta. O texto contradiz a afirmação.
b)      Incorreta. O texto diz que há interesse.
c)       Incorreta. O texto contradiz a afirmação.
d)      Correta. A alternativa resume as ideias do texto.
e)      Incorreta. Não há tal relação especificada no texto.
Questão 17: desenvolvimento da argumentação.
a)      Incorreta. O foco do texto não é sobre as empresas.
b)      Correta. O desenvolvimento é baseado em dados extraídos de pesquisas.
c)       Incorreta. Novamente, o foco não é sobre as empresas.
d)      Incorreta. O desenvolvimento se volta para a pesquisa, não para informações de consumidores.
e)      Incorreta. Não se focaliza a mídia no texto.
Questão 18: pontuação (questão padrão).
                I – Correta. A função do ponto-e-vírgula, entre outras, é separar uma sentença que já se encontra separada por vírgulas.
                II – Correta. Os dois-pontos possuem como função a enunciação de um termo explicativo.
                III – Correta. Entre outras funções, as apas sinalizam palavra deslocada de seu sentido original.
                Alternativa E.
Questão 19: concordância verbal e nominal (questão padrão).
a)      Incorreta. As campanhas CHEGOU ao fim.
b)      Incorreta. A conscientização ACABARAM surtindo.
c)       Correta. A concordância foi respeitada.
d)      Incorreta. Atitudes firmes DEVE.
e)      Incorreta. Os princípios DEVERIA ser divulgado.
Obs: Amigos, é muito fácil responder tal questão. Basta procurar o verbo da sentença, depois encontre o seu referente (sujeito). Verifique se o verbo concorda com o sujeito e pronto.
Questão 20: crase (questão padrão).
Questão de crase é moleza. Basta seguir as dicas do conteúdo que consta no livro. Dessa maneira:
a)                           Primeira lacuna: “necessidade” é um substantivo feminino, portanto, admite artigo feminino. A regência de “atentos” é dada pela preposição “a”, logo, fica fácil perceber que ocorre crase nessa situação.
b)                           Segunda lacuna: “boicotar” é um verbo. (Diante de ação, crase é marcação!)
c)                            Terceira lacuna: “alguma” é pronome indefinido. (Diante de pronome, crase passa fome!)
Assim, fica fácil responder!
Até o próximo post!
Força, guerreiros!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s